Dieta da Felicidade


As pessoas podem começar uma dieta pensando em emagrecer, mas com o tempo percebem que isto é apenas parte do pacote das vantagens oferecidas por uma mudança dessas. E mais da perfeita dieta da felicidade. Com o tempo e a inclusão dos familiares não se tratará mais apenas de abandonar a batata frita e o hambúrguer por imposição, mas sim por falta de vontade. Uma dieta saudável além de manter o peso (ou reduzí-lo) previne contra doenças cardiovasculares, melhora o humor, diminui o estresse e mantém o corpo em alerta e a mente em estado de alegria.

Lembrando sempre que estamos falando de uma mudança completa. A dieta da felicidade é uma combinação de todos os elementos necessários para a reposição dos componentes vitamínicos básicos do corpo como furtas, legumes, salada, carboidratos e proteínas.  Quando se come bem o resultado (sem exagero) é viver sorrindo de felicidade.

Uma vez que as refeições são compartilhadas entres os membros da família, a alimentação tenderá a ficar, de certa forma, mais balanceada. Os benefícios passam a se tornar mais claros para cada elemento da família. As crianças, por exemplo, costumam comer mais frutas e legumes quando estes elementos fazem parte do prato e do cardápio diário dos pais. O cansaço, a sonolência e a preguiça são atenuados ou extinguidos com uma boa alimentação que renova a disposição da pessoa. Quanto mais colorido for o prato cresce o consumo diário de substâncias que trazem mais calma e energia para o corpo. É o caso da serotonina (encontrada na batata, no milho, no arroz e nos laticínios) e da dopamina presente no feijão, nos cereais integrais e no leite.

Viu? A dieta da felicidade ou pode ser mais simples do que se imagina.

Compartilhar:
Deixe sua opinião:
Mensagem

Copyright 2010/2012 - Todos os direitos reservados.